Memorias de tudo que passou e foi embora
Fez de mim o que eu sou agora , pronto pro mundao lá fora

Lembranças se transformam em imensa saudade
Ao olhar o retrato e se imaginar naquela idade
Engraçado realmente o tempo passa e não vemos
Na estrada da vida o quanto já percorremos
Pareçe que foi ontem , baixinho e bem gordinho
Sentado no quintal , brincando de carrinho
Nariz escorrendo , nos pés o velho kichute
Esperando passa a mulher que vendia yakult
Tempo foda e na escolinha era o terror
Tão muleque , mas totalmente sem nenhum pudor
Tazo e figurinha era o jogo da pivetada
Por causa dessas parada eu saia até na porrada
Guindava linha dos pipa em cima do telhado
Batia no futebol , por que eu sempre era zuado
Tocava a campainha e saia correndo
A vizinhança aos poucos eu sozinho fui elouquecendo
Esconde esconde , valendo o mundo era foda
Todos me procurando e eu em casa bebendo soda
Dias bons que se parraram e nada foi em vão
Que carrego alegremente na mente e no coração

Memorias de tudo que passou e foi embora
Fez de mim o que eu sou agora , pronto pro mundao lá fora

Caminhos são criados pra testar sua resistência
A gente cresce iliminando toda nossa inocência
Lembro a primeira pegada no verdade ou desafio
Atrás da firma abandonada , ao lado a casa do meu tio
Nesse tempo , o skate viro paixão
Através dele a descoberta do rap e a pixação
Novas amizades outros experimentos
Furto , vandalismo estagio violento
Confuões na mente tentando entender a vida
Odiava , quando alguma ação fosse repreendida
A primeira ponta , o primeiro porre
O desespero da brisa que ninguem socorre
O contato do ato da traição
Da pior forma com quem julgava ser meu irmão
A formação de conceitos começa a se notar
E de algumas pessoas me diferenciar
Vem o caratêr o peso da educação
Deixei pra trás esse periodo de mutação
A certas coisas necessarias pra formar indentidade
Foi preciso tudo isso pra eu ser um homem de verdade .

Memorias de tudo que passou e foi embora
Fez de mim o que eu sou agora , pronto pro mundao lá fora

Vídeo incorreto?