Recebi um dossiê com a tua história, o teu passado, o teu presente.
Não tenho boas notícias sobre o teu futuro!
Você até começou bem, cheio de boas intenções,
Uma fogueira ardia em teu coração...

Mas se vendeu por trinta moedas de prata,
Se apaixonou pelo gosto do vil metal,
Se acorrentou em sua conta-corrente,
Sua pregação virou um medíocre apelo material!

Alguns amigos tentaram te avisar,
Te alertar, lembrar do primeiro amor!
Agora é tarde, eu tenho que te levar,
E não é pro lugar que você tanto sonhou...

Teu tempo acabou, teu tempo acabou...
Pediram a tua alma e essa noite eu vim aqui
Só pra te levar!

E agora, onde você vai colocar tanto dinheiro, tanto cifrão?
Não adianta ficar aí, parado, me olhando com essa cara de bobão!
Vai estacionar seu Audi aonde?
Lá em Miami ou em Hong Kong?
Valeu a pena trair quem sempre te amou?

Essa grana não consegue me subornar
Eu cumpro ordens, tô aqui só pra te levar!
Sem lenga-lenga, sem lero-lero...
Porque o juiz já bateu o martelo!

Alguns amigos tentaram te avisar,
Te alertar, lembrar do primeiro amor!
Agora é tarde eu tenho que te levar,
E não é pro lugar que você tanto sonhou...

Teu tempo acabou,
Teu tempo acabou...
Pediram a tua alma
E essa noite eu vim aqui
Só pra te levar!

Nem mais um minuto, mané!
Nem mais um segundo sequer!
Nem mais um instante qualquer!
Teu tempo acabou!

Teu tempo acabou,
Teu tempo acabou...
Pediram a tua alma
E essa noite eu vim aqui
Só pra te levar!

Vídeo incorreto?