Mar é mar, é mar, é mar, é mar
amar é maré, maré

meus pés pisando a areia branca,
flores na boca do mar,
sob um céu azul lambendo o beiço
doce é yemanja

mas dias têm que o pé prega no chão
e o barco não vai pro mar
é encontro e desencontro solto
pronto! vento a ventar

mar é mar, é mar, é mar, é mar
amar é maré, maré

a linha do horizonte nos abraça
nós em meio ao mar
somos feitos de quase só água
somos um mar no mar,
humano mar

há dias em que o nosso mar escorre,
chovem trilhas de sal
nosso sonho acordado sobe
pra aquele astral

vem cá
tem outra forma
quando a maré baixa
desnuda a areia
se revela a mágica

vem cá
tem outra forma
quando a maré sobe,
cobrindo a atmosfera
se descobre yemanjá

Vídeo incorreto?