Senhor, pra onde vou, se tu tens as palavras da vida?

Os dias são maus, as provas duras demais
Quase não posso resistir

O inimigo é forte, pode muito, mas eu quero saber
Pra onde vou, pois tu tens as palavras da vida

Um mundo que nada pode oferecer
Que nada pode dar, mas pode crer
E eu estou aqui, senhor

Em hino chego a suplicar
"Usa-me, pois também quero ajudar"
Quero amigos, a ti trazer, se posso útil ser

Guarda-me contigo, não me deixes tropeçar
E manda-me pra onde quiseres
E manda-me pra onde quiseres

Onde quer que for irei
Irei

Vídeo incorreto?