A gente perde tanto tempo
Pensando em coisas que nem vão acontecer
O mundo pode ser perfeito pode ser perfeito
Para mim e pra você

Um pouco dessa tal coragem
Eu herdei de um pensamento
Que você teve também
Mas não foi tão capaz
De enfrentar e mandar ver

Então engole todo o medo
A vaidade, o desespero
E tenta ser alguém
Que na verdade você já é
Então só me faça um favor
E engole todo esse medo

Sente a pressão
E toda aquela paz que a gente quer
E toda aquela paz que a gente quer
Eu me permito aceitar
Sente a pressão
E toda aquela paz que a gente quer
E toda aquela paz que a gente quer
Eu me permito aceitar aquela paz

A gente perde tanto tempo
Pensando em coisas que nem vão acontecer
O mundo pode ser perfeito pode ser perfeito
Para mim e pra você

Um pouco dessa tal coragem
Eu herdei de um pensamento
Que você teve também
Mas não foi tão capaz
De enfrentar e mandar ver

Então engole todo o medo
A vaidade, o desespero
E tenta ser alguém
Que na verdade você já é
Então só me faça um favor
E engole todo esse medo

Sente a pressão
E toda aquela paz que a gente quer
E toda aquela paz que a gente quer
Eu me permito aceitar
Sente a pressão
E toda aquela paz que a gente quer
E toda aquela paz que a gente quer
Eu me permito aceitar aquela paz

Eu quero ter um milhão de historias pra contar
E as vezes acordar sem saber pra onde ir
Sem saber pra onde eu devo ir
Eu quero ter um milhão de historias pra contar
E as vezes acordar sem saber pra onde eu devo ir
Pra onde eu devo ir

Sente a pressão
E toda aquela paz que a gente quer
E toda aquela paz que a gente quer
Eu me permito aceitar
Sente a pressão
E toda aquela paz que a gente quer
E toda aquela paz que a gente quer
Eu me permito aceitar aquela paz

Vídeo incorreto?