Quando eu te vejo paro logo em seu olhar
O meu desejo é que eu possa te beijar
Sentir seu corpo me abrigar em seu calor
Hoje o que eu quero é ganhar o seu amor
Eu fico assim querendo o seu prazer
Eu não consigo um minuto sem te ver
Sua presença alegra meu coração
E é pra você que eu canto essa canção.

Vem, meu amor
Me tirar da solidão
Vem, meu amor
Me tirar da solidão
Vem para o Olodum
Vem dançar no Pelô
Vem, meu amor
Chega pra cá, me dá a mão...!

Eu fico assim querendo o seu prazer
Eu não consigo um minuto sem te ver
Sua presença alegra meu coração
E é pra você que eu canto essa canção.

Vem, meu amor
Me tirar da solidão
Vem, meu amor
Me tirar da solidão
Vem para o Olodum
Vem dançar no Pelô
Vem, meu amor
Chega pra cá, me dá a mão...!

Avisa lá que eu vou chegar mais tarde
Vou me juntar ao Olodum que é da alegria
É dominado de vulcão
E o estampido ecoou nos quatro cantos do mundo.

Em menos de um minuto
Em segundos
Nossa gente é quem bem diz
É quem mais dança.

Os gringos se afinavam na folia
Os deuses igualando todo o encanto
Toda a transa
Os rataplans dos tambores gratificam.

Quem fica não pensa em voltar
Afeição à primeira vista
O beijo-batom que não vai mais soltar
A expressão do rosto identifica.

Avisa lá
Avisa lá
Avisa lá, ôô
Avisa lá que eu vou...
Avisa lá
Avisa lá
Avisa lá, ôô
Avisa lá que eu vou...!

Vídeo incorreto?