Meus irmãos violeiros escute a minha canção
Que vem do fundo do meu coração
Não vamos deixar morrer a nossa canção
As modas de viola, quanta tradição
Uma grande luta de uma geração
Que agora é nossa, continua a missão
Essa viola caipira que muito me faz tocar
Tocar meu coração e também fez chorar
Ainda me lembro a primeira vez
Que ouvi seu ponteado eu me apaixonei
Gemendo apaixonada com o violeiro
Quando tem um amor que amargura o peiro
Afine essa viola, nova geração
Geração de violeiros, orgulho no sertão
Muitos dos nossos mestres
Agora são lembranças
Mas a viola não morre,
Permanece a esperança
Enquanto existir viola e violeiro
Vamos levar adiante esse dom brasileiro

Vídeo incorreto?