Eu Fiz Essa Moda Meio Esquizofrênica
Só Porque Me Chamaram De Quadrilátero
Dizem Que Canto Moda Da Idade Milênica
E Que os Meus Versos Já Estão Reumáticos

Eu Não Ligo Para Comentários irônicos
Quem Fala é Porque tem problemas psiquicos
No braço da viola provo sou bionico
Não sou eu quem digo é opnião dos críticos

Ser imitador eu até acho válido
Mas falar dos colegas não é bem simpático
Cuidado teu nome que esta meio pálido
Deixa minha vida não seja fanático

Eu quero acabar com violeiro monótono
E o desafinado conheço a quilômetros
Arreganha a boca igual hipopótomo
Enjoa o ouvinte não tem simancômetro

Eu já enfrentei violeiro satânico
E no desafio era diabólico
E pra apasiguar esse encontro titânico
Gastou exorcista e um chefe católico

Até parecia um combate germânico
E o resultado foi mesmo caótico
Ele desandou no sistema orgânico
Sujou na viola e acabou neurótico

Vídeo incorreto?