Sendo assim,vale mais crer
Nos meus olhos fechados em prece
Que as coisas não vistas me fazem sorrir

Mesmo assim,quero mais ser
O expurgo do peito já gasto
Que o pecado perdido por educação
Em vão
Há de seguir

Sem perecer,sem perceber
Quanto me custa viver ou morrer
Sem dizer não,sem direção

Tanto assim,que me faz crer
Na bondade que não se conhece
No escuro do escarro de sangue já tão
Em vão
Há de seguir

Sem perecer,sem perceber
Quanto me custa viver e morrer
Sem dizer não,sem direção

Falta o ar,falta o sol,falta ser
Um instante a mais

Vídeo incorreto?