Minhas noites são fatais
Meus dias tão iguais
Tão só sem ter ninguém
Minha imaginação destrói
Meu coração
De viver na ilusão
De um dia amar alguém.

Nessa imensa solidão
A minha confessão
Recorra tristemente.
Cantarei sozinho imerso em
minha dor
A valsa de quem não tem amor.

Vídeo incorreto?