Ah, não! de novo, não!
Tá caçando encrenca, procurando confusão.
Ah, nem vem! nem vem que não tem!
Hoje não engulo desaforo de ninguém.

Fica me alugando todo dia, toda hora,
Fala que eu nunca dou bola
E que eu não quero nem saber.
Eu já tô cansado desse drama,
Desse prova que me ama,
Então guarda pra você.

Parece que não pode me ver quieto,
Vem do lado e chega perto discutindo a relação.
De novo, não! vai ser mala assim lá no japão.

Ah, não! de novo, não!
Só pode tá de gozação.
Ah, não! de novo, não!
Oh, fala aqui com a minha mão.

Vídeo incorreto?