Madrugada, quando as sombras me cercam
E me escondem entre o sim e o não
Mas os fantasmas não me deixarão
Madrugada, assombrações e vultos me enlouquecem
Sussurram o seu nome, não se esquecem
De me lembrar de tudo que era bom
E um instante sou levado de volta ao passado
E vejo cena de nós dois ali apaixonados
E o seu brilho manda embora toda a escuridão
Então eu caio na real é seu meu coração

Te quero todo dia sentir o seu calor
E o céu é o limite pra esse nosso amor
Eu vou até o fim preciso de você perto de mim
Faço o que for preciso se for pra te ter
Meu coração só sabe escolher você
Não dá pra voltar atrás
Pois a cada madrugada eu só te quero mais

Vídeo incorreto?