Há palavras em que a gente
Se confunde demais
São assim certas paixões
E encalham num cais

Ao ouvir o som da tua voz
Negando o meu ás
Da manga a ultima carta
Já não te espero mais

Coração está sentindo
Um vazio desatino
Que as mancadas as vezes
Doi mais, fere e afetam
E um dia após o outro cicatrizam

De manhã a solidão vai cumprimentar
Na estrada da ilusão é tão fácil chegar

Mas sou filho da paixão
E cedo vou me refugiar
E nessa hora os clarins e os sinos
Começão a tocar, começam a tocar

Coração está sentindo
Um vazio desatino
Que as mancadas as vezes
Doi mais, fere e afetam
E um dia após o outro cicatrizam

De manhã a solidão vai cumprimentar
Na estrada da ilusão é tão fácil chegar

Mas sou filho da paixão
E cedo vou me refugiar
E nessa hora os clarins e os sinos
Começam a tocar, começam a tocar
Começam a tocar, começam a tocar

Vídeo incorreto?