Um italiano, um baiano, e um português, suas mentiras conta um de cada vez.
Português:
- raio a parta, eu plantei na minha horta um pezito de repolho até parece piada.
Botei esterco, cresceu tanto o lafranhudo que em seu tronco em pouco tempo descansava uma boiada.
Baiano:
- apôis, menino, eu mandei fazer um machado com dez metros de largura
E quando pronto ficou, vinte pessoas não erguia ele do chão.
Português:
- raio a parta, porque um machado tão grande, ô, baiano?
Baiano:
- é pra cortar o pé de repolho que o português plantou.
Italiano:
- porca mastéia, eu ganhei uma caróça com quarenta e oito burros do finado meu avô.
Era a caróça bem maior que seis vagão.
Baiano:
- ó xente, mas porque uma carroça tão grande, ó italiano?
Italiano:
- prá poder levar o machado que o baiano fabricou.

Vídeo incorreto?