Senhor vim te agradecer
Ao senhor vim fazer
Livre

Senhor meu semblante frustrado
Os meus sonhos marcados
Me fez livre
Senhor é no manto divino
Que cobre o menino
Com os braços do pai
Senhor eu voei o infinito como pássaro ferido
Mas as algemas quebraram
Senhor me feri nos espinhos
Mas não larguei o caminho que o senhor me ordenou

Senhor eu que já encomendado com a morte marcada
Me fez livre
Senhor é no manto tão lindo
Quando abraça o menino o senhor me abraçou
Senhor quebrou arco e a lança
No meu lar fez bonança e livre voei
Senhor venho te agradecer
Ao senhor me fazer livre
Senhor só lhe peço a unção
Ajuda esta andorinha sozinha fazer verão

Vídeo incorreto?