Outro dia, no meu quarto refletia,
Uma imagem de alegria e de terror,
E as visões que me vinham,
Um dia antes da vinda do senhor

Um dia antes os feiticeiros transformaram,
Sobre os seus pactos demoníacos renovaram,
Um dia antes toda terra se alarmou
O mentiroso, o invejoso se abraçaram,

Um dia antes, um clarão foi, voltou...
E a criança ao seu pai perguntou,
E o seu pai, no terror desta visão,
Filho meu está enganado, o céu não é daquela cor!

Um dia antes clamava o pregador!
Vinde a jesus em seu apelo chamador!
E nesta hora quanta gente apurou,
Mas teve alguém que parou e aceitou!

Desesperado, chorava um pregador!
Teve a certeza não foi deus que ele usou,
Aquele outro o caminho acertou,
Um dia antes da vinda do senhor!

Um dia antes, quantas plantas jezabel,
A vaidade tinha o sabor de fel,
Um dia antes, o divórcio cruel
Mais ouve casos, em que deus compadeceu!

Um dia antes quando o rico entristeceu,
Vendo camelo, vendo agulha e vendo o céu!
E quantos mortos neste dia respiraram,
Um dia antes da vinda do senhor!

Um dia antes, toda terra revoltou,
Pelo pecado que a ela afetou!
E a natureza, com um brando ela chorou,
Com punhal na sua costa que sangrou!

E os animais pelas matas se embrearam,
Desesperados pelo fogo arrasador!
Até a árvore, o seu fruto chorou,
No dia antes da vinda do senhor!

No dia antes, lucifer entristeceu,
Ao se lembrar quando estava lá com deus!
Vendo mil anos, vendo a chave do abismo,
E deu um berro, e a terra estremeceu!
E ao sair, fugindo igual leão,
E neste dia os crimes se multiplicaram,
E neste dia quantas gentes suicidou,
No dia antes da vinda do senhor

O dia antes os santos, santificaram,
E os que eram sujos, bem mais sujos ficaram!
E as imagens seu terror mostraram,
Tinham demônios, que por trás eram adorados,
E o crente falso, o seu passo se alarmou,
E nesta noite, houve a ceia do senhor,

No outro dia, o clarão do céu suou,
E a igreja para o infinito, vôou...

Vídeo incorreto?