Trinta anos de idade, já vivi quase tudo nessa vida
Vi minha mãe comendo cada vez menos pra nos dar um prato de comida
Meus irmãos saindo de casa procurando uma vida melhor
Atrás do futuro, um pouco seguro, tentando encontrar o menos pior

Fazia frio nas várias manhãs acordava e o pai já estava de pé
Roupa passada de terno e gravata não tinha pão só tinha café
Tomava, saia atrasado eu pensando comigo onde é que ele vai ?
Horas depois, feijão, arroz, algo pra nós de onde que sai ?

Tanta tristeza pra nossa família girava se o mundo pra trás
Coitado inocente eu não percebia o quanto batalhavam duro os meus pais
Lutavam pra ver a gente a sorrir mesmo quando não tinha o que comer
Minhas queridas irmãs procurando marido pra um dia parar de sofrer
Então eu chorei

Refrão

Chorei, lagrimei, não suportei
Toda essa dor, que veio em mim, hó meu senhor, me libertei mas

2 verso

Minhas irmãs engravidaram, os problemas só aumentaram
Os vizinhos que comentaram, porque elas nunca casaram
Os parentes não ajudaram pior só criticaram
Mãe adoece, sobe a pressão, trombose no corpo não evitaram

A morte bateu trouxe mais sofrimento
Passagem de volta dois mil e quinhentos
Bolso vazio dinheiro não tinha pra ir no enterro da mãe a família, chorava
Do telefone eu acompanhava
O canto da igreja as oração, la dos irmãos enquanto pastor na pregação

Falava que deus era nosso supremo,
Então eu pergunto porquê que sofremos
Colegas da fáu me deram apoio,a vida nem sempre é conforme queremos

Sabe se lá eu tentei desistir na hora vazio ocupou se de mim
A fé que restou quase acabou
Mas deus me mostrou que grande é o senhor, então

Vídeo incorreto?