No silêncio do meu quarto
O amor percorre em mim
Sinto falta dos teus braços
Teu desejo tudo em fim
É preciso um desabafo
Pra que eu volte a sorrir
Pra que eu sinta uma esparança
Nesse amor que está no fim
Continuo iludido nesse amor que foi fatal
Aos meus sonhos meus anseios de um amor
Tão desigual que sofoca
E me enlouquece e eu tento te falar
Te ofereço qualquer coisa
Só pra ver você ficar

Você viveu meus bons momentos
Fingiu comigo e conseguiu
Você matou meus sentimentos
Não sei fingir, não!
Eu sei preciso de você......

Continuo iludido nesse amor que foi fatal
Aos meus sonhos meus anseios
De um amor tão desigual que sofoca
E me enlouquece e eu tento te falar
Te ofereço qualquer coisa
Só pra ver você ficar

Você viveu meus bons momentos
Fingiu comigo e conseguiu
Você matou meus sentimentos
Não sei fingir não!

Vídeo incorreto?