Yo no soy tu prisionero (tradução)


Eu não sei o que aconteçe
quando estou com voçê
me hipnotiza seu sorriso,
me dismancha seu olhado
e de mim não fica nada,
eu derreto
que nem o gêlo ao sol.

Quando vamos para algum lugar
nunca escolho eu
porque o único que eu quero
é ir contigo.
Vivo dando voltas
no seu redor
que nem um cachorro abandonado
que na rua segui voçê.

Mas eu não sou seu prisioneiro
e não tenho alma de robot,
é que a algo no seu rostro
que eu gosto,
que eu gosto
e levou-se meu coração.

oh, ohhh.

Mas eu não sou seu prisioneiro
e não tenho alma de robot,
é que a algo no seu rostro
que eu gosto,
que eu gosto
e levou-se meu coração.

Pode ser por seu carácter
ou minha vontade,
me hipnotiza seu sorrisso,
me dismancha seu olhar
e de mim não vica nada,
que nem o gêlo ou sol.

Quando vamos para algum lugar
nunca escolho eu
porque o único que eu quero
é ir contigo.
Vivo dando voltas
no seu redor
que nem um cachorro abandonado
que na rua segui voçê.

Mas eu não sou seu prisioneiro
e não tenho alma de robot,
é que a algo no seu rostro
que eu gosto,
que eu gosto
e levou-se meu coração.

oh, ohhh.

Mas eu não sou seu prisioneiro
e não tenho alma de robot,
é que a algo no seu rostro
que eu gosto,
que eu gosto
e levou-se meu coração.

Mas eu não sou seu prisioneiro
e não tenho alma de robot,
é que a algo no seu rostro
que eu gosto,
que eu gosto
e levou-se meu coração.

oh, ohhh.

Mas eu não sou seu prisioneiro
e não tenho alma de robot,
é que a algo no seu rostro
que eu gosto,
que eu gosto
e levou-se meu coração

e levou-se meu coração.