Meço pelo verso
Meu avesso
Sou inverso
Sou metade com inteira dor

Meço o avesso do verso
E descubro o inverso
Imerso no meio da metade
Que eu ousei partir

Eu não sou daqui
Eu sou de Plutão
Sou um praça em combate vão
Sou galáxia

Quando muito digo
Eu me calo e o meu silêncio é raro

Eu vou
Vou não
Não sei
Sei que nada é que não sei

E sinto muito
Por muito sentir
Meu descuido
Não saber mentir
Tenho escudo

Quero uma escada
De preferência sem degraus
Levo emprestada
Trago depois do carnaval

Vídeo incorreto?