Na luz solitária
De uma rua escura qualquer
Está a resposta que tanto procura
Sobre o que foi, o que será e o que é

Nunca ter a vida em suas próprias mãos
Um beco sem saída para a salvação
É tudo parte de uma mesma teia
Ficar no mesmo lugar e achar que é decisão
Ou ter coragem de ir sem conseguir adesão
Mas ver além da lente alheia

Na luz solitária
De uma rua escura qualquer
Está a resposta que tanto procura
Sobre o que foi, o que será e o que é

Todas as respostas virão no devido dia
Dissipando a escuridão ao longo das vias
Haverá que já sabia
Até lá na luz solitária
De uma rua escura qualquer

Vídeo incorreto?