Chorando Calado

Luciano Nassyn

A estrada é solitária
E a busca infiel
À distância me perturba
Num pedaço de papel
Com palavras que diziam
Coisas boas que vivi
Mas ficaram na lembrança
Ate o dia que eu partir.
A solidão de um momento
Entrando em contradição
Com saudades das caricias
E o afago de sua mão
O pior é não saber se te perdi por um minuto
Ou se por erros e atropelos
Eu nunca estive em seu mundo
Olha pra mim
Quero estar sempre ao seu lado
Eu to no fogo cruzado
To chorando calado

A estrada é solitária...

Vídeo incorreto?