Tenho novidade pra você,
Se eu não te contasse cê nunca ia saber.
Peguei um foguete ali atrás na rua
E, fui parar na lua.
É! pode acreditar,
Lá comprei um lote,
Lá todo mundo pode ter uma cratera pra morar,
Serei vizinha de um casal marciano.
Como o caótico terrestre diz que lá tá mano a mano,
Vim pegar meus discos, o meu violão
E meu cachorro basset de estimação.
E ter o prazer de te comunicar
O meu novo lar lunar.
Ainda não tem correio,
Mas sempre há um meio da gente se comunicar.
Na lua cheia estarei te sorrindo sem pensar em voltar.
Na minguante estarei te sonhando,
Jogada na rede, balançando.
E quando você olhar pro céu
e não enxergar a lua linda,
Estarei lá ainda, de costas pra terra, sem lembrar de onde eu vim.
Sem lembrar de onde eu vim,
mesmo assim pense em mim.

Vídeo incorreto?