Pirata, capitão
De barco a vela
Um porto, uma paixão
Um pôr-do-sol

Na pedra um coração
E o nome dela
Vem na arrebentação
Luz de farol

Vem ver
Lua de maré
Estrela, cair
Do céu no convés

Vento ondulando pontal
Coroado de concha
E constelação
Vem ver, vem ver

Sereia, assombração
E lá vem ela
Relampo de trovão é temporal
Dilúvio aluvião
E o nome dela
Acende a escuridão
É tão real

Vem ver
Lua de maré
Estrela, cair
Do céu no convés

Vento ondulando pontal
Coroado de concha
E constelação
Vem ver, vem ver, vem ver

Vídeo incorreto?