a gente exige respeito
e mesmo consideração
mas não deixa de se divertir
com alguem que cai no chão
a gente quer tempo/espaço
e uma rica produção
mas muitas vezes quando chega na hora
a gente enfia os pés pelas mãos.
agente fala pelo direito
e pela libertação
mas normalmente vira outra pessoa
quando 'tá com o poder na mão
a gente faz questão de estar sempre na roda
jogando fora sem convicção
a gente quase,quase nunca fica frio
revira o vazio em alta tensão
a gente não tem compaixão
se contenta co'a razão
nem com a gente mesmo
a gente não tem compaixão.

Vídeo incorreto?