Me sinto agora
Como uma estação de rádio
Estou transmitindo na tua onda
Vê se você me capta seja aonde for
Esteja você aonde estiver
Quem sabe também não está pensando
E está lançando os mesmos sinais

Porque o coração é como um tambor
Um índio com um cobertor
Fazendo fumaça e soltando
Pro outro lado da serra

E assim como é fato
Que depois do engenho novo vem o Grajau
Jamais me esquecerei
Do gosto doce daquele caju
Que você me deu

Ôôô
A-ha-ha
Tchururu
Sayabadá
Pô pô pô pô
E então?

Vídeo incorreto?