Este amor que habita em mim
Tão sem jeito de acabar
É romance já sem fim
Da minha alma e meu cantar
Apaixonaram-se assim
Ninguém há que os vá separar.

Saberá que me ouve agora
Vendo meu olhar cerrado
Que assim canto o que em mim mora
Rasgo meu peito calado
Escutai bem meu cantar
Pois meu mundo todo é fado.

Se é sereno o meu semblante
Creiam que deus me sorri
Mas se eu cantar como nunca
Creiam que Ele canta por mim
Que este meu jeito de ser
É bem Deus que me faz assim.

Vídeo incorreto?