Subi no meio-fio, foi por um fio pra dar no poste
Eu virei a direção, eu dei a luz
Quase morri

Vinha só, la dessa casa, desse amigo meu
Nem corria nem tava com pressa
Ela passou, quem é ela?
De onde veio?
Quem é essa?

Amigo veja bem, a culpa não foi minha tanto assim
Tava na boa quando essa menina andava bem ali
Perto do Ypê Amarelo, dançando pela rua
Boca de lobo fiz eu, quando ela deixou cair
O seu caderno, e abaixou, seu cabelo cubria-le o
rosto
E sua, que saia, subiu

Subi no meio-fio, foi por um fio pra dar no poste
Eu virei a direção, eu dei a luz
Quase morri

Reduziu a marcha pra segunda, respirou bem fundo,
sorriu
Foi um alivio, tudo que passou
Já meio suado, desacreditado, como um dejavu ele
assoprou
Todo o aaaaar, Todo o aaaaar
Todo o arrrr, e altas energias negativas
Que todo mundo passa, depois de uma batida

Owwwww
YO YO YO YO YO YO YO YOOOOWW
YO YO YO YO YO YO YO YOOOOWW
YO YO YO YO YO YO YO YOOOOWW
YO YO YO YO YO YO YO YOOOOWW
YO YO YO YO YO YO YO YOOOOWW

Amigo veja bem, a culpa não foi minha tanto assim
Tava na boa quando essa menina andava bem ali
Perto do Ypê Amarelo, dançando pela rua
Boca de lobo fiz eu, quando ela deixou cair
O seu caderno, e abaixou, seu cabelo cubria-le o
rosto
E sua, e que saia, subiu

Subi no meio-fio, foi por um fio pra dar no poste
Eu virei a direção, eu dei a luz
Quase morri

Vídeo incorreto?