Inconsciência
As pessoas no seu canto
Mentira falsidade
Inimigo cruel
Um abrigo dificuldade
Nossos corpos sentem dor
E chove faz frio
É tudo cinza lá fora
Mergulhar nesse sonho febril
Não faz sentido agora
Mas sempre tem alguém passeando
Perdidos nos caminhos do mundo
Enquanto outros ficam esperando
Trancados em destinos imundos
Confuso as luzes correm
No tempo sem rumo
Retorna a origem o cansaço
Fraco a carne se perde ao pecado
Transpira prazer a dor

Vídeo incorreto?