Oh menina o teu peito inflamado, teus olhos turvos de nuvens.
E nos ombros a pesar um negro xale, tecido a fios de chumbo.

Acenda a vela e erga o teu pandeiro ao sol, que ele já vai voltar.
A mesma nau que trouxe essa noticia deixe o teu penar levar

Deixe que vá... Nas carroças nas naus e nas embarcações...
Deixe que vão levar

Se fincaste,tua cruz em outras terras,em areias bem distantes
Tu fincaste em meu peito longa espera, a beira mar neste porto.

Vídeo incorreto?