Nada a ver
A gente se encontrar
E não poder falar
O que já dá pra ver

Nada a ver
A gente se conter
Se as ondas desse mar
Não param de bater

Nada a ver
A gente disfarçar
Se o brilho no olhar

Não para de dizer
Que eu quero você
Não para de soprar
Que a gente tem par
Não vai silenciar

Andar com quem te quer bem, se entregar
Ouvir o apito do trem que vai chegar
Uma sessão de cinema às três da tarde
Nosso contorno desenha alguma vontade
Mas tudo isso se a gente conseguir
Dar mais um passo pra frente e descobrir

Eu já sei
Que esse imenso mar
Se não se agitar
Um dia vai secar

Vídeo incorreto?