Era uma chuva, era um show de estrelas
Chovia estrelas a granel
Eram milhares de estrelas, uma chuva delas
Caindo lá no chão do céu

E diante da visão do firmamento
Um pensamento vem ao coração
De que cada um de nós não é senão uma estrela
A brilhar no céu do chão

Todos nós
A brilhar, a brilhar
Somos como luas e sóis
A girar, a girar

E a chuva não cessava a sucessão
De pingos lá no chão do céu
Era uma chuva de granizo de estrela em grãos
Chovia estrelas a granel

E diante da visão do firmamento
Na mente um sentimento se produz
De que cada um de nós não é senão uma estrela
Cada um , um ser de luz

Todos nós
A brilhar, a brilhar
Somos seis bilhões de faróis
A girar, a girar
Tal como luas e sóis

A brilhar, a brilhar
Como seis bilhões de faróis
Todos nós, todos nós

Todos nós
A brilhar, a brilhar
Somos seis bilhões de faróis
A girar, a girar
Tal como luas e sóis

A brilhar, a brilhar
Como seis bilhões de faróis
Todos nós, todos nós

Todos nós
A brilhar, a brilhar
Somos seis bilhões de faróis
A girar, a girar
Tal como luas e sóis
A brilhar, a brilhar
Como seis bilhões de faróis
Todos nós, todos nós

Vídeo incorreto?