Talvez talvez talvez


Sempre que te pergunto
Se algum amor escondes
Tu sempre me respondes
Talvez, talvez, talvez
E assim passam os dias
E eu desesperando
E tu, tu contestando
Talvez, talvez, talvez

Estás perdendo tempo
Pensando, pensando
Pelo que tu mais queiras
Até quando, até, até quando
E assim passam os dias
Eu eu desesperando e tu, tu contestando
Talvez, talvez, talvez