Ta me olhando porque?
Quer saber a minha condição
Buchicho é com as tuas amigas
Será que esse é o patrão
Entrei na sua mente, entrei na sua vida
Tirei o teu sono
Não sou dono do mundo, mas eu sou filho do dono

Mau cheguei to roubando a cena
Tem tumulto la na portaria
Tão dizendo esse cara é o problema
É o dono da boca é o rei da orgia
Olha o carro que ele chegou
Nem o nome tu sabe fala
Aro vinte,é todo blindado
Rebaixado, suspensão a ar
Já chegou com uma mina top
Abre a pista pra ele passar
Vai direto pro seu camarote
Vai que as bebidas ja vão...
Todo mundo falando com o cara
Ele cumprimentando geral
As mulher vão jogando na cara
Esse mano é brabo ta cheio de moral
Posso ser o que tu ta pensando
Mas ralei pra ganhar isso tudo
To na fé, na humildade, lutando,
Eu sou filho do dono do mundo
Se humilde não é o que veste, o carro que anda
Ou sua posição
Humildade é a sua atitude
É a pureza do seu coração
Quem me conhece sabe como eu sou
Eu não sou de humilhar ninguém
Tudo que tenho foi Deus que me deu
E a vida ensinou a praticar o bem
Não esqueço das minhas origens
Ta querendo mesmo saber
Só quem é das minhas raízes
Me ajuda a responder

Sou da favela, eu sou mais um favelado
Desacreditado, cheio de disposição
Sou da favela, eu sou mais um favelado
Hoje conceituado, trabalhei, virei patrão.

Vídeo incorreto?