As comportas dos Céus se abriram e a chuva caiu.
Levantei os meus olhos pra ver
É o tempo de colher.
Pois os campos já brancos estão a colheita chegou!
E eu vou com o cesto nas mãos Os meus frutos vou buscar


As comportas dos Céus se abriram e a chuva caiu.
Levantei os meus olhos pra ver

É o tempo de colher.
Pois os campos já brancos estão
A colheita chegou! E eu vou com o cesto nas mãos
Os meus frutos vou buscar Vou buscar

E eu não vou deixar nada para trás Tudo o que eu plantei vou buscar

A unção de Isaque está sobre mim Vou colher cem vezes mais


Pois os campos já brancos estão. A colheita chegou! E eu vou com o cesto nas mãos
Os meus frutos vou buscar Vou buscar (E eu não vou deixar...)

E eu não vou deixar nada pa-ra trás Tudo o que eu plan-tei vou buscar

A unção de Isaque está sobre mim Vou colher cem vezes mais
Vou colher cem vezes mais! Vou colher cem vezes mais!

Vídeo incorreto?