Vaneira

E vá que tem quem me queira
Eu também quero querer,
É só nós dois juntar a fome
Com a vontade de comer.

Eu ando mal de mulher
Mas se tu não me quiser é melhor tu me dizer
Que eu me vou por chinaredo
Porque lá conto nos dedos todas que querem me ter.

Nesse quero, quero espero
Tô louco pra me dar um requero não tem de keko e não keko
Tu sabe quanto eu te amo
Ou me caso ou me desmamo e vou pintar e borda os canecos.

De tanmto querer querendo
Eu já ando padecendo, tô igual quiri-quiri
Tô ficando meio fraco
Mas se eu não for pro buraco elas vão ficar cri-cri.