Eu vou ficar brincando de luz a noite inteira
Iluminar no mundo a paz derradeira
Derradeira, derradeira
Só pensar que o homem toma tudo
Que não deu
E eu ficar tentando dar
O que nem meu é
Lamentar algum passado antigo
É levantar mais uma chance de amigo
De amigo, de amigo
Como a Terra num instante virá
Virá a Terra e a falta do nosso habitat, habitat
Quando eu puser questões
Dizendo que é sério
Vamos viver socados num abrigo anti-aéreo
Volto os olhos pro céu e penso
Se puderem que façam regresso no tempo
É tão triste saber da morte digam
E que viver não é mais viver é perigo
Como mergulhar num mundo que era bom
E lembrar que ainda resta mil sonhos
Mas que sonhos

Eu vou ficar brincando de luz a noite inteira
Iluminar no mundo a paz derradeira
Derradeira, derradeira