Cai, cai, cai
No mês de dezembro que vem
O tempo de férias meu bem
Vai quem quer
A mim ninguém leva mais não
Pois férias já sei como são

A mulher é chata e o cachorro late
E o menino berra o carro bate
O mosquito torra inda a volta é serra
E tem o seguinte eu já não tenho vinte

A mulher tá gorda e a mãe dela é sogra
E o genro acaba e o farol é fraco
E do outro é alto e o salário é baixo
E tem o seguinte eu já não tenho vinte

Cai, cai, cai
No mês de dezembro que vem
O tempo de férias meu bem
Vai quem quer
A mim ninguém leva mais não
Pois férias já sei como são

A barraca vaza e o vizinho escuta
E a cerveja é quente e o dedão destronca
E o compadre ronca e a gravata espera
E tem o seguinte eu já não tenho vinte

A bebida é fria mas meu carro esquenta
O amigo bebe e a cachaça é minha
E a piscina é rasa e só cabe oitenta
E tem o seguinte eu já não tenho vinte

Cai, cai, cai
No mês de dezembro que vem
O tempo de férias meu bem
Vai quem quer
A mim ninguém leva mais não
Pois férias já sei como são


Eu furei a bóia e quebrei os óculos
E acabou a pilha e o meu time é zebra
O macaco é velho e o pneu careca
E tem o seguinte eu já não tenho vinte

O nariz descasca e o leite azeda
E eu não fiz dieta e errei a seta
E entrei na reta e o guarda aperta
E tem o seguinte eu já não tenho vinte

Cai, cai, cai
No mês de dezembro que vem
O tempo de férias meu bem
Vai quem quer
A mim ninguém leva mais não
Pois férias já sei como são
É bão...Ehh

Vídeo incorreto?