(Às vezes é impossível ficar de boa)

Mais um encontro infernal
Pra gente se estranhar e fechar o pau
Ah, eu já sei, eu sei aonde eu errei
Meu erro foi ter conhecido você
Sogra sempre rimou com cobra
Mas o teu pai até que é um cara legal
Eu já vou indo, depois te explico
Aonde você não vai me encontrar

Autoestrada, rock'n'roll
O bugre velho voltou
E agora livre eu estou
Você sempre soube que
Aonde você vai eu não vou

Não me sinto à vontade
Aonde seus amigos de plástico vão
Gente interesseira e metida a burguesa
Mas mais quebrados que arroz de terceira

Eu não gosto de ir em qualquer lugar
Não sei e não quero aprender a dançar
Eu quero estar com meus amigos
Tomando um querosene em qualquer lugar

Autoestrada, rock'n'roll
O bugre velho voltou
E agora livre eu estou
Você sempre soube que
Aonde você vai eu não vou

Aonde você vai eu não vou (4x)

Com outro encontro pra fechar o pau
Com você nunca mais
E agora livre eu estou
Você sempre soube que
Aonde você vai eu não vou

Aonde você vai eu não vou

Vídeo incorreto?