No tambor de um revólver
No pente de uma pistola
Na lâmina de uma faca
O infortúnio sela um destino
Um homem sem liberdade
É um homem miserável

Mas sabe que a melhor defesa é o ataque
Raiva traz o gosto do stress
O sangue ferve e o pau come
E acaba com a festa

Então um processo gira
E agora a justiça parte pro ataque
Um antigo acerto de contas
Mas é a justiça quem parte pro ataque
Punhos fechados em guarda
Liberdade pronta pro abate

Tco, criminal
Morrer ou matar?
A chapa esquenta e o caldo engrossa
Cadeiras e garrafas voam
E mulheres gritam

Então um processo gira
E agora a justiça parte pro ataque
A mão que assina a sentença
Injustiça pronta pro ataque
Defesa, acusação e réu
Liberdade pronta pro abate

Tco, criminal
Morrer ou matar?
Não importa quem tá certo ou errado
A corda sempre arrebenta
Do lado mais fraco

Então um processo gira
E agora a justiça parte pro ataque
A mão que assina a sentença
Injustiça pronta pro ataque
Defesa, acusação e réu
Liberdade pronta pro abate

Tco, criminal
Morrer ou matar?
Criminal
Tco
Bênção
Sursis
Criminal
Tco
Bênção
Sursis
Criminal
Tco
Bênção
Sursis

Vídeo incorreto?