Às vezes não consigo entender
As histórias da TV
Das salas de aula
Ou da memória de cada um

Às vezes, não consigo entender
O interesse da igreja
Religiões pedindo esmola
Isso é comum

Ás vezes, cantarolando
Não consigo entender
Por quê que isso mexe comigo
Não tenho nada a ver

Deve ser o fato de eu me colocar
No lugar de cada ser
E ver o lar só para alguns

(Refrão)
Vamos ver aquele molequinho sem lar
Pra dizer diretamente sem hesitar
Seja mais você, esqueça a cola
Porque você não tem um plano de saúde agora
Nem comida e os ricos não estão nem aí
Nesta vida os grandes só pretendem curtir
Seja mais você, mereça a esmola
Porque você também precisa frequentar a escola

A culpa não cabe só aos governantes
Você pode ajudar basta estar ao seu alcance
Não seja hipócrita
Mantenha primeiramente a honestidade
E seja recompensado pela parte de cada um
Será que tu não achas inteligente
O homem que protesta e age usando a mente sem violência?
Vamos deitar, dormir, sonhar com a vida
E acordar sabendo onde tem comida pra todos

(Refrão)
Vamos ver aquele molequinho sem lar
Pra dizer diretamente sem hesitar
Seja mais você, esqueça a cola
Porque você não tem um plano de saúde agora
Nem comida e os ricos não estão nem aí
Nesta vida os grandes só pretendem curtir
Seja mais você, mereça a esmola
Porque você também precisa frequentar a escola

Vídeo incorreto?