Porque é que tinha que ser assim?
Porquê?
Mais uma vez te digo
Por ti o que passei
Contra tudo e todos
A ti nunca te deixei
Nunca desisti
Nem nunca desistirei
És tudo para mim
Por ti eu tudo arrisquei
Foi tudo em vão
Tu deixaste-me aqui sozinho
Como é que eu posso te perdoar?
Como é que eu posso ser teu amigo
Não sei em que pensar a minha mente está vazia
Sinto-me tão sozinho
Não sinto a tua companhia
Mas será?
Que sofres tanto como eu…
Em toda a minha volta
Contigo desapareceu o que te faz ser assim
Tu nunca me amas-te
Porque é que lutas-te tanto por mim
Se agora me abandonas-te…
PORQUÊ?!?
Será que nunca te mereci
Aceitemos a verdade tudo o que começa tem um fim
Como posso viver em paz se estás em tudo o que me rodeia
Para onde me viro á minha volta se incendeia
É difícil de acreditar sei que não te vou esquecer
Só tudo irá acabar quando um dia eu desaparecer
Abençoado!
Seja o dia em que isso acontecer
Espero estar longe de ti para poder adormecer
Lamento-me por algo que entre nós aconteceu
Não te acuses de nada o culpado sempre fui eu
Precipitei-me desde o primeiro momento em que te vi
Mas contente ficarei por ter chegado até aqui

É esta a minha despedida…

ADEUS ANA…

PARA SEMPRE…

Vídeo incorreto?