Com se disso dependesse
A vida de alguém
Ele ficou ali sentado
Sentado sobre as mãos.
Sentado sobre as mãos
Observando a escuridão
Fingindo não ouvir
Que ela batia na porta.
Fingindo não ouvir
Que ela batia na porta.

As manchas de luzes dançavam
Gemendo por baixo da porta
O que ela poderia ver
Que fosse mesmo verdade

Às vezes se chora por nada
Sentir a dor por alguém
Ele sentia por ela
Enquanto ela batia na porta
Ele sentia por ela
Enquanto ela batia na porta

Os dedos cortados das mãos
As mãos perdidas dos braços
As pernas de um grande covarde
Que tremiam na escuridão.

Às vezes se chora por nada
Sentir a dor por alguém
Ele sentia por ela
Enquanto ela batia na porta
Ele sentia por ela
Enquanto ela batia na porta

Aaah... (x6)

Às vezes se chora por nada
Sentir a dor por alguém
Ele sentia por ela
Enquanto ela batia na porta
Ele sentia por ela
Enquanto ela batia na porta

Aaah... (x6)

Vídeo incorreto?