Vem, vem oh minha alma, vem não precisa chorar
Eu sei que precisas do mestre, e quer no senhor descansar

As vezes te faço sofrer, angustia, tristezas e dor
As vezes na beira do abismo, tu sofres grande amargor
No grande caminho da vida, se no largo decido andar
Tu choras lá dentro no peito e eu ouço o seu soluçar

Vem oh minha alma não chores, sozinha não quero seguir
Eu também preciso do mestre para voltar a sorrir
No amargor do pecado, só me trás angustia sem fim
Por isso eu preciso do mestre aqui pertinho de mim

Vem, vem oh minha alma, vem não precisa chorar
Eu sei que precisas do mestre, e quer no senhor descansar

Vídeo incorreto?