Me renovo em cada oração,
O meu silêncio vai aos céus e grita.
O universo ilumina a sua ação
Verbalizo o que você digita.

O suplício é em sua voz
Mas no futuro, no ar, a terra gira veloz.
E a sua fé é lugar comum em um gole de cerveja
A sua fé de pés fincados no chão, prato vazio na mesa.

A sua fé é lugar comum em um gole de cerveja
A sua fé...
Ver pra crer, não é mágica
Cá pra ver e verás
O que de joelhos pede quando as mãos se beijam.

Ver pra crer, não é mágica
Cá pra ver e verás
Ajoelhado pede quando as mãos se beijam.
Quando as mãos se beijam.

O suplício é em sua voz
Mas no futuro, no ar, a terra gira veloz.
E a sua fé é lugar comum em qualquer gole de cerveja
A sua fé...

E a sua fé,
A nossa fé,
A minha fé.

Vídeo incorreto?