Fica doido varrido quem quer, se meter e entender a mulher
Fica doido varrido quem quer, se meter e entender a mulher

comprei o barracão lá na favela
pra ela morar
botei o barracão no nome dela
e tudo comprei pra enfeitar nosso lar.
ela pedia a Deus do céu pra morar num arranha-céu
dei-lhe o apartamento que pedia,
mas hoje é de cortar o coração
a pobrezinha chora, chora noite e dia
pedindo pra voltar ao nosso humilde barracão

Fica doido varrido quem quer
se meter a entender a mulher.

Alô franquie, a revanche.

Vídeo incorreto?