Quadras e quadras e quadras e quadras cirandas, cirandas, cirandas "b boys" e capoeiristas
Velhos sonhos, novos nomes, velhos sonhos, novos nomes na avenida
O folclore é hardcore, e ataca o nosso momento
Abre a roda quem tá fora e quem tá dentro participa,
O folclore é hardcore, instiga alegria
Em respeito do homem ao tambor,
Do rítmo que domina com louvor
Do fato de estarmos juntos sem pavor,
Pois o instinto é coletivo meu senhor.

Ééééé...
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo


É domingo e só temos uma opção
As caixas são grandes
O som tem que ser alto
Pra tocar a multidão
Essa dança não faz seleção
Pro homem do samba, o homem do funk, o homem do branga
Baile da Furacão, Folia de Reis
Kuarup o Boi Mamão
Nossa identidade é nosso lar
E dentro de uma área de exclusão
Comandante Marcos, Afrika Bambaata, padre Cícero e Lampião
Contra a mente de exclusão, sempre souberam
Que o instinto é coletivo meu irmão

Ééééé...
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
Eu represento o instinto coletivo
tivo, tivo, tivo, tivo,

O Rappa from Brazil
Third World posses on the Hill
O Rappa from Brazil
Essa dança não faz seleção
Para o homem do samba, para o homem do funk, para o homem do bangra
Baile da furacão, folia de reis Kuarup e o boi Mamão
Nossa identidade é nosso lar
Dentro dessa área, dessa área de exclusão
Comandante Marcos Afrika Bambaata Padre Cícero e Lampião
Contra a mente de exclusão, sempre souberam
Que o instinto é coletivo meu irmão
When you see my passaport number
You don't see my culture
You don't see me

Vídeo incorreto?