Cadê a paz,
Será que ela fugiu?
Ou será também que nunca existiu
Pode ter sido morta pela guerra
Talvez por isso que exista tanta miséria

Pode ter sido inventada para amenizar a dor
De um povo que esta sempre a penar
A esperança, a luz no fim do túnel
Muita confiança em um sonho absurdo

Não sei ao certo verdade ou fantasia
Mas está ai uma coisa pela qual eu morreria
Paz, para ser capaz de tela
Temos que correr atrás do prejuízo
Do tempo perdido
Transformar em paraíso todo esse circo
Essa zona, que nós herdamos e pessoas que nos tiram
E vivemos criticando

De nada adianta esperar um milagre
Isso pra mim é atitude de covarde
Nada acontece em um passe de mágica
Teremos que usar a nossa matemática
Para solucionar esses problemas
Que nos abalam e constantemente nos condenam
Pense também no futuro do seu filho
Isso lhe trará forças para seguir o caminho

Firme e forte, pois nunca estará sozinho
Pode contar comigo, conte sempre com amigos
Unidos resistimos ao que vier
Não importa o que aconteça, nada abalará minha fé

Eu até queria ter a paz, eu até queria acha-la
Eu até queria ter a paz, mas tá difícil de encontra-la

Eu até queria ter a paz, eu até queria acha-la
Eu até queria ter a paz, porque será que eu nunca tive hein?


E ao se deparar com tal realidade
Eu chego a conclusão que a própria sociedade
É quem não age pelo seu benefício
Só sabe reclamar usando os mesmos artifícios

É culpa disso, foi ele que roubou aquilo
É o bandido que tira o país dos trilhos
Mas não levantam a bunda do sofá
A hora de protestar e programada
Entre uma novela e outra
Ao ver o jornais que você pisa e as pessoas
O senador ladrão que constrói o castelo
E o falcão que não teve o mesmo sucesso

Tiro de 38tão vindo da polícia
Que pé no chão e mata pai de família
Mas que notícia, isso te fez pensar
Nem deu tempo, fica queto a novela vai começar
Parece até piada
Mas não ri quando servi de saco de pancada
O puto que usa a arma, se esconde atrás da farda
Cadê o seu bom senso quando eu precisava?

Ninguém se sujeitou a me ajudar
Fui agredido pela lei em plena via publica
Se fosse eu que te desse um soco na cara
Talvez tivessem me encontrado dentro de uma vala
Morto pela lei, julgado, indiciado
Por incompetentes que desfilam armados
Que em me proteger já nem pensam mais
E esmaecem a nossa ideia de paz

Cadê a paz
Será que ela fugiu?
Ou será também que nunca existiu
Pode ter sido morta pela guerra
Talvez por isso que exista tanta miséria

Será que ela fugiu?
Talvez por isso que exista tanta miséria

Vídeo incorreto?