Agora quase tudo foi embora,
E quem ficou sozinho aqui fui eu.
Olhando teu sorriso preso dentro da moldura
que chorando um dia desses você me deu.

Lá fora a madrugada é fria
E a cidade vazia sem ninguém.
As ruas solitárias piscam luzes coloridas
O chão reflete em mim o grito dessas avenidas,

Que dizem que você não vem,
Que você não voltas pra mais ninguém.
Que você não vem mais,
Que você não volta pra mais ninguém.

Vídeo incorreto?