A pátria-avó se volta sem memória
De todos estes anos de amor
Um amor sem beijo e sem resposta
Responde agora a uma nova sedução
Teus Joaquins, teus açougueiros, filhos de uma mãe-avó
Os bons e os maus tratos que te dei
Sucumbem com tamancos, camisetas sob a lei
Que ouviste a nova-velha Europa a te ditar
E voltas tuas costas para mim
Voltas tuas costas para o mar
Prás tuas conquistas, pro teu navegar
Prá tua cruz de malta sobre o azul
Um dia foste forte e generosa
Mas hoje tua memória não tem sul
Não é porque já não se usa navegar
E nem é por tua idade, eterna sois
Mas nunca mais a nossa velha intimidade
O sabor inigualável dos teus pães

Grandmother,
You turn your back with no memory of all these years of love
A love without kiss or commitment responds to a new seduction
Grandmother,
I am your Joaquim, your butcher
The good and bad times I gave you
Succumb with your clogs and vest to the law the Europe dictates
And you turn your back on me
You turn your back to the sea, to your conquests, yournavigation
Your maltese cross on the blue
Once you were strong and generous, now your memory has no south
Not because you no longer sail, nor for your age, you are eternal
But never again our old intimacy
That unique taste of your bread.

Vídeo incorreto?